Controle financeiro empresarial: tudo o que você precisa saber | Site Singular Sistemas Oficial

Controle financeiro empresarial: tudo o que você precisa saber

Em tempos de economia, crises e, atualmente, a pandemia global, é indubitavelmente necessário que empresas, de quaisquer ramo, tenham muito cuidado ao tratar de finanças. Há muito tempo, a palavra planejar era algo distante da realidade atual, porém, com o passar dos anos, organizações e corporativas viram-se obrigadas a realizar o controle financeiro empresarial, e, que bom que isso ocorreu.

Mas afinal, o que é o controle financeiro empresarial?

De forma sucinta, o controle financeiro empresarial é, basicamente, o ponto mais delicado do gerenciamento de algum negócio, mas, este aspecto é raramente tratado de forma adequada em algumas pequenas e médias empresas. Um exemplo nítido do quão importante é ter um planejamento financeiro empresarial, baseia-se nas oportunidades de negócio. Sabe-se que, inovações no processo de gestão empresarial são necessárias a quase todo o momento, informações são transmitidas na velocidade da luz e as oportunidades de negócio surgem a todo instante, nas diversas facetas do globo. 

Em consequência disso, as decisões devem ser tomadas com a maior precisão possível, e, dispor de um controle financeiro empresarial, lhe auxiliará imensamente neste momento. Ademais, de acordo com Weston (2000), citado por Lucion (2005), o planejamento financeiro envolve a realização de projeções de vendas, renda e ativos baseados em estratégias alternativas de produção e de marketing, seguidas pela decisão de como atender às necessidades financeiras previstas, mostrando ser muito mais do que, apenas, a organização de suas entradas e saídas.

Ao fim deste artigo você saberá identificar a importância de implementar o controle financeiro na sua empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte e, ainda, notará diversos benefícios provenientes deste método.

Quais passos devo seguir para implementar o controle financeiro adequado em minha empresa?

No âmbito atual, há diversas formas de implementar um planejamento financeiro empresarial adequado às suas necessidades, mas, para que não haja dúvidas quanto a isso, segue abaixo algumas dicas para realizar essa implementação da melhor forma.

Faça o controle de caixa

O primeiro passo para que o controle financeiro de sua empresa seja, realmente, efetivo, é a criação de um fluxo de caixa. Afinal, mesmo que o seu desejo não seja aplicar um planejamento rígido acerca do financeiro de sua organização, controlar o que sai e o que entra no seu negócio é de vital importância. O principal motivo para que você apresente um fluxo de caixa é que, como você conseguirá ter noção da capacidade de lucro do seu negócio sem algum tipo de controle? Rodrigo Ventura (2016) expõe quatro perguntas que, apenas quem apresenta um fluxo de caixa consegue responder, são elas:

  • Qual foi o lucro dos últimos 6 meses?
  • É possível guardar dinheiro para investir?
  • Quais despesas podem ser reduzidas ou cortadas?
  • Qual a lucratividade do negócio no mês corrente?

Aponte todas as suas operações financeiras

Como citado no tópico anterior, o fluxo de caixa controla todas as entradas e saídas de sua empresa, logo, você já está entrando no mundo do controle financeiro. Porém, o fluxo de caixa apresenta os seus ganhos e gastos de forma simplificada, e, para potencializar os seus resultados é preciso aplicar uma estratégia mais específica. Sendo assim, algumas atitudes que irão lhe salvar no fim de cada mês, com resultados cada vez mais satisfatórios, são:

  • Anote todas as movimentações ocorridas no mês, desde transferências entre contas da empresa até mesmo algum pagamento ou adicional que tenha sido feito e que não faça parte dos gastos fixos da organização;
  • Lembre de anotar também gastos como: cafés da tarde, datas comemorativas da empresa e eventos, no fim do mês esses dados farão toda a diferença para que você saiba o quanto poderá gastar no próximo mês.

A importância de anotar tudo o que sai e o que entra na empresa está ligada com o balanço patrimonial que é feito no final do ano, assim, você não precisará perder a cabeça caso apareça diferenças no resultado final do balancete, pois, todas as entradas e saídas foram anotadas.

Elabore um fundo reserva

Empresários de diversos ramos estão sujeitos a imprevistos, constantemente. Situações corriqueiras acontecem em momentos inesperados do dia a dia de gestores, bem como, de quaisquer pessoa. Por exemplo, você precisa trocar de celular ou o seu computador estragou. Em ambas as situações, uma grande quantidade de dinheiro é investida, sendo assim, para diminuir o impacto em momentos como esses, sugere-se a criação de um fundo reserva. Neste caso, é aconselhável seguir um controle financeiro empresarial que gere acúmulo de capital, pois, dessa forma, será possível criar uma reserva que suavize os gastos inesperados. Para colocar em prática a criação do seu fundo, segue abaixo algumas dicas que irão efetivar o seu caso:

  • Faça do dinheiro a sua prioridade;
  • Defina um valor mensal a ser preservado;
  • Separe o essencial do supérfluo;
  • Aponte suas receitas e despesas;
  • Escolha investimentos que tenham relação com o perfil de sua empresa.

Arquitete planejamentos a longo prazo

A necessidade de planejar soluções a longo prazo faz parte de possuir um bom controle financeiro empresarial. Com este método será possível alinhar os investimentos, para que, futuramente, o seu negócio possa rodar com o faturamento a ser gerado, evitando problemas com o capital de giro. Para que não haja dúvidas, o capital de giro é uma parte do investimento que compõe uma reserva de recursos a serem utilizados para suprir as necessidades financeiras da empresa ao longo do tempo. Ademais, nesta etapa é necessário conhecer em qual estado se encontra o ciclo operacional da empresa, para que possa ser definido os valores das despesas existentes.

Aplique uma gestão mais digital

Por último, mas não menos importante, é extremamente válido aplicar uma gestão mais digital na sua empresa. Na atualidade, diversas organizações estão partindo para este método e, a efetividade dos resultados é nítida. Mas, para que isso realmente funcione, é preciso contar com empresas capacitadas para realizar o controle financeiro de sua organização. Sendo assim, há no mercado uma empresa capaz de revolucionar o seu processo: a Singular Sistemas. 

Conheça a Singular Sistemas

Fundada na cidade de Blumenau (SC) em 2001, a Singular Sistemas está presente em 9 estados brasileiros e conta com mais de 1200 usuários ativos! Além do mais, oferece uma vasta rede de soluções para as diversas demandas do mercado e, algumas delas estão focadas diretamente no controle financeiro das empresas de seus clientes. Conheça agora alguns dos inúmeros recursos disponíveis aos Clientes Singular: 

  • Contas a pagar e receber: este recurso permite que o lançamento seja feito de forma manual ou automatizado, a partir dos documentos fiscais gerados ou lançados no ERP, possibilitando o registro parcial e a integração com o caixa. Ademais, permite o rateio em centros de custos e contas, bem como,  o lançamento de previsões e a extração de diversos relatórios;
  • Envios de e-mails de cobrança: ao fazer uso dos serviços Singular Sistemas, os clientes devedores de sua empresa recebem e-mails de cobrança automaticamente, mais um recurso disponível aos Clientes Singular;
  • Caixa: utilizar o sistema da Singular lhe proporcionará diversos benefícios e, um deles, é  recurso caixa. Com ele, vários caixas podem ser abertos e integrados aos módulos de contas a pagar e receber, assim, é possível rastrear as operações e a geração de registros de controle de exclusões;
  • Banco: este recurso permite o acompanhamento das contas bancárias através da conciliação e integração da mesma; 
  • Boletos bancários: a Singular Sistemas permite gerar automaticamente os boletos bancários no momento da emissão dos documentos fiscais de sua empresa. Posteriormente, esses boletos são enviados aos bancos para a cobrança junto ao cliente. Dessa forma, o sistema oferece total integração dos boletos, tanto no registro, quanto no pagamento, eliminando processos manuais;
  • Centros de custos e contas: mais um recurso fantástico disponível aos Clientes Singular concentra-se no centro de custos e contas. Este método permite a separação das despesas/receitas em centros de custos e contas para que seja possível visualizar de forma mais desburocratizada o local em que os recursos financeiros da empresa são depositados;
  • Fluxo de caixa: você já sabe a importância de implementar o fluxo de caixa na sua empresa, não é mesmo? A Singular Sistemas oferece este recurso a você, cliente! O fluxo de caixa permite uma visão detalhada, dia após dia, do caixa da empresa e ainda, é possível saber quando você precisará de mais recursos financeiros.

Agora que você já sabe a vasta quantidade de recursos disponíveis pela Singular Sistemas, não perca mais tempo, o futuro é agora, a hora de revolucionar chegou! Clique aqui e confira os inúmeros benefícios que, apenas Clientes Singular possuem. 

REFERÊNCIAS

LUCION, Carlos Eduardo Rosa. Planejamento financeiro. Revista Eletrônica de Contabilidade, Santa Maria, v. 1, n. 3, p. 143-160, 01 mar. 2005. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/contabilidade/article/view/142/3955. Acesso em: 09 out. 2020.

VENTURA, Rodrigo. As 7 melhores práticas de controle financeiro empresarial. 2016. Disponível em: https://www.guiaempreendedor.com/guia/5-praticas-controle-financeiro-pequenas-empresas. Acesso em: 09 out. 2020.